INFORMAÇÕES

Informações importantes!

Segurança

Medidas de segurança para o uso de fogos.

  • Inspecionar visualmente o fogo de artifício com vistas à ocorrência de rasgos, rompimento do iniciador, umidade, danos internos, etc, não podendo ser utilizado se apresentar qualquer anormalidade.
  • É necessário a distância mínima de 80 metros para separação entre o local do acionamento e locais com exigência de precauções especiais, ou seja, hospitais, estabelecimentos policiais ou correcionais, bem como postos de combustível, depósitos de materiais inflamáveis, explosivos ou tóxicos.
  • Sempre armazenar os fogos em lugar seco e seguro, fora do alcance de crianças e de qualquer material inflamável.
  • Caso o fogo de artifício falhe, não tente reutilizá-lo e troque-o no local onde foi adquirido.
  • Manusear a embalagem e o produto sem provocar nenhum tipo de choque ou atrito brusco devido à sensibilidade das composições dos mesmos.
  • Os fogos de artifício não devem ser acionados em períodos de chuva e/ou tempestades com ou sem previsão de descargas elétricas.
  • A pessoa diretamente envolvida no acionamento de qualquer fogo de artifício, em nenhuma hipótese, pode estar sob efeito de bebidas alcoólicas, narcóticas ou medicamentos que inibem os reflexos ou o equilíbrio emocional ou a tomada de decisão.
  • A experiência tem demonstrado que, em regra geral, acidente com fogos de artifício acontece por mau uso do produto ou irresponsabilidade no cumprimento das instruções e normas de segurança. Os fogos em si, são tecnicamente seguros além de proporcionar belíssimos espetáculos.

Classificação

Cada tipo de produto pirotécnico é classificado de acordo com o seu poder de explosão ou queima. Essa classificação está adequada a idade do usuário e de acordo com a norma R-105 do Ministério do Exército. Para isso, todo produto de vê possuir na embalagem sua classificação que pode ser:

  • Classe A: Podem ser vendidos a quaisquer pessoas, inclusive menores, e sua queima é livre, exceto nas portas, janelas, terraços, etc, dando para via pública.

    a) Fogos de vista, sem estampido: fósforos
    de cor, velas, estrela de ouro, chuvas, pistolas em cores, bastões e similares;
    b) Fogos de estampido que contenham até 20 (vinte) centigramas de pólvora, por peça: estalos de salão, estalos bebê;
    c) Balões pirotécnicos.
  • Classe B: Podem ser vendidos a quaisquer pessoas, inclusive menores, sendo sua queima proibida nos seguintes lugares: nas portas, janelas, terraços, etc, dando para a via pública e na própria via pública; nas proximidades dos hospitais, estabelecimentos de ensino e outros locais determinados pelas autoridades competentes.

    a) Fogos de estampido que contenham até 25 (vinte e cinco) centigramas de pólvora, por peça: pistola de cores, vulcões e artigos giratórios em geral
    de cor, velas, estrela de ouro, chuvas, pistolas em cores, bastões e similares;
    b) Foguetes com ou sem flecha, de apito ou de lágrimas, sem bomba;
    c) “Pots-à-Feu”, morteirinhos de jardim, serpentes voadoras e outros equiparáveis.
  • Classe C: Não podem ser vendidos a menores de 18 (dezoito) anos, sendo sua queima proibida nos seguintes lugares: nas portas, janelas, terraços, etc, dando para a via pública e na própria via pública; nas proximidades dos hospitais, estabelecimentos de ensino e outros locais determinados pelas autoridades competentes.

    a) Fogos de estampido que contenham acima de 25 (vinte e cinco) centigramas de pólvora, por peça: girândolas e produtos similares;
    b) Foguetes, com ou sem flecha, cuja bombas contenham até 6 (seis) gramas de pólvora, por peça;
  • Classe D: Produtos que não podem ser vendidos a menores de 18 (dezoito) anos, sua utilização e manuseio deve ser feita apenas por profissionais habilitados junto aos órgãos competentes e sua queima depende da licença da autoridade competente.

    a) Fogos de estampido que contenham acima de 2,50 (dois vírgula cinquenta) gramas de pólvora, por peça
    b) Foguetes, com ou sem flecha, cujas bombas contenham mais de 6 (seis) gramas de pólvora;
    c) Morteiros com tubo de ferro ou fibra;
    c) Peças pirotécnicas utilizadas em espetáculos pirotécnicos;

Primeiros Socoros

Dicas de primeiros socorros.

  • Lavar a área atingida com água corrente, de preferência água gelada.
  • Enquanto não houver atendimento hospitalar, cobrir a queimadura com um pano limpo.
  • Nas queimaduras em pequenas áreas pode-se passar vaselina esterilizada.
  • Nunca fure as bolhas, pois elas servem para proteger a área queimada.
  • Não retire roupas grudadas, fragmentos de objetos ou graxas das lesões.
  • Não use pomadas sem ordem médica, nem toque as lesões com as mão.
  • Procure socorro médico urgente.
  • Se houver sangramento, faça um curativo com gaze ou um pano bem limpo.
  • Os pacientes com grandes áreas queimadas devem ser mantidos bem hidratados. Enquanto não chegar ao hospital, procure fazer o acidentado beber bastante água, pois a perda de água nas áreas queimadas é muito grande. JAMAIS dê água para a pessoa se a mesma estiver inconsciente.
  • Nunca aplique pasta de dente, óleo, pó de café, terra, nem passe gelo, manteiga ou qualquer coisa que não seja água fria. Isso não vai recuperar o tecido ou aliviar a dor, muito pelo contrário. Na hora do curativo será necessário limpar a área, e se tiver de remover esses produtos com certeza vai se tornar mais doloroso.