Segurança


Medidas de segurança para o uso de fogos.

Quando a pessoa vai soltar qualquer tipo de fogos de artifícios é sempre necessário tomar algumas medidas de segurança que sempre estão bem especificadas na embalagem. Abaixo destacamos as medidas que devem ser tomadas para todo tipo de fogos de artifícios:

• Inspecionar visualmente o fogo de artifício com vistas à ocorrência de rasgos, rompimento do iniciador, umidade, danos internos, etc, não podendo ser utilizado se apresentar qualquer anormalidade.

• É necessário a distância mínima de 80 metros para separação entre o local do acionamento e locais com exigência de precauções especiais, ou seja, hospitais, estabelecimentos policiais ou correcionais, bem como postos de combustível, depósitos de materiais inflamáveis, explosivos ou tóxicos.

• Sempre armazenar os fogos em lugar seco e seguro, fora do alcance de crianças e de qualquer material inflamável.

• Caso o fogo de artifício falhe, não tente reutilizá-lo e troque-o no local onde foi adquirido.

• Manusear a embalagem e o produto sem provocar nenhum tipo de choque ou atrito brusco devido à sensibilidade das composições dos mesmos.

• Os fogos de artifício não devem ser acionados em períodos de chuva e/ou tempestades com ou sem previsão de descargas elétricas.

• A pessoa diretamente envolvida no acionamento de qualquer fogo de artifício, em nenhuma hipótese, pode estar sob efeito de bebidas alcoólicas, narcóticas ou medicamentos que inibem os reflexos ou o equilíbrio emocional ou a tomada de decisão.

• A experiência tem demonstrado que, em regra geral, acidente com fogos de artifício acontece por mau uso do produto ou irresponsabilidade no cumprimento das instruções e normas de segurança. Os fogos em si, são tecnicamente seguros além de proporcionar belíssimos espetáculos.